PHENOMENON

Ela Chega e o mundo todo se transforma, a atmosfera parece diferente, a areia se comporta de uma forma tão peculiar que parece abraçá-la.
O vento a envolve e todas as criaturas que cruzam seu caminho, o sol brilha diretamente em seu rosto mostrando que deseja habitar sua pele.
A lua enciuma-se – Ela ama a lua tanto quanto ela ama o sol.
Em um movimento súbito ela traz a lua com o poder da ponta de seus dedos, mas ainda não é o suficiente.
Ela quer a refrescante sensação dos pingos de chuva tocando seu corpo. Então ela evoca as nuvens e os trovões e de repente está chovendo.
Ela quer tudo, ela quer dia e noite, luz e escuridão, sol e chuva simultaneamente.
Ela tem o poder.
Ela é o poder.

––––

She arrives and the whole world changes, the atmosphere feels different, the sand behaves in a peculiar way it seems to embrace her.
The wind involves her and all creatures which cross her path, the sun shines right onto her face showing it wants to be part of her skin.
The moon gets jealous – She loves the moon as much as she loves the sun.
In a sudden move she brings the moon with the power of her fingertips, but it’s not enough yet.
She wants the refreshing sensation of the raindrops touching her body. So she evokes the clouds and thunders and suddenly it’s raining.
She wants it all, she wants day and night, light and darkness, sun and rain simultaneously.
She has the power.
She is the power.

Deixe uma resposta